21.12.10

FELIZ ANO NOVO AOS MEUS AMIGOS DO CORAÇÃO

Encerra-se mais um ano em sua vida...
Quando este ano começou, ele era todo seu.
Foi colocado em suas mãos...
Podia fazer dele o que quisesse...
 
Era com um livro em branco e nele você podia ter um poema, um pesadelo, uma blasfêmia, uma oração.
Podia...
Hoje não pode mais, já não é mais seu.
É um livro já escrito...
Já quase concluído...
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes e você não poderá corrigí-lo.
Está fora do seu alcance.
 
Portanto...
Antes que termine este ano, reflita, tome seu velho livro e folheie com cuidado...
 
Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência,
Faça o exercício de ler a você mesmo.
Leia TUDO...
 
Aprecie aquelas páginas de sua vida em que usou seu melhor estilo.
Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito.
 
Não...
Não tente arrancá-las.
Seria inútil...
Já estão escritas.
Mas você pode tê-las enquanto escreve o novo livro que lhe será entregue.
 
Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu e evitar repetir as ruins.
Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio e terá para preencher, toda a imensa superfície do seu mundo.
Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije.
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e a seguir, coloque-o nas mãos de Deus.
Não impora como esteja.
 
Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga apenas duas palavras: Obrigado e Perdão!
E, quando o novo ano chegar, lhe será entregue outro livro, novo, limpo, branco, todo seu, no qual você irá escrever o que desejar.

FELIZ LIVRO NOVO!!!

16.12.10

"Aprendi que se aprende errando;
Que crescer não significa fazer aniversário;
Que o silencio às vezes é a melhor resposta;
Que amigos conquistamos sendo nós mesmos;
Que os verdadeiros amigos estão conosco até o fim;
Que nao se espera a felicidade chegar, mas se procura ela;
Que quando penso saber tudo,ainda não aprendi nada;
Que a natureza é uma das coisas mais perfeitas na vida;
Que amar significa se dar por inteiro;
Que apenas um dia pode ser mais importante do que muitos anos;
Que se pode conversar com as estrelas;
Que se pode confessar com a lua;
Que se pode viajar além do infinito;
Que sonhar é preciso e procurar realizar esses sonhos é ainda mais necessário;
Que se deve ser criança a vida toda".
Que nosso ser é livre!!!
Que Deus não proibe nada em nome do amor;
Que o julgamento alheio não é importante;
Que o que realmente importa é a paz interior".
INGREDIENTES:

FAMÍLIA: É aqui que tudo começa.
AMIGOS: Nunca deixe faltar.
RAIVA: Se existir, que seja pouca.
PACIÊNCIA: A maior possível.
LÁGRIMAS: Enxugue todas.
SORRISOS: Os mais variados.
PAZ: Em grande quantidade.
PERDÃO: À vontade.
DESAFETOS: Se possível, nenhum.
ESPERANÇA: Não perca jamais.
CORAÇÃO: Quanto maior, melhor.
AMOR: Pode abusar.
CARINHO: Essencial.

MODO DE PREPARO:

Reúna a sua família e os seus amigos.
Esqueça os momentos de raiva e desespero passados.
Se precisar, use toda a sua paciência.
Enxugue as lágrimas e as substitua por sorrisos.
Junte a paz e o perdão e ofereça a seus desafetos.
Deixe a esperança crescer no seu coração.

Nem sempre os ingredientes da vida são gostosos, portanto saiba misturar todos os temperos que ela oferece, e faça dela um prato de raro sabor...
Utilize essa receita passo a passo.
O único efeito colateral que poderá causar é a FELICIDADE!!
Convite
                                         Para: Dr.Denise
         Data: 25 de Dezembro
                                        Local: No Seu Coração
Os participantes da festa serão contemplados com créditos infinitos de
 graças para o ano 2010,
Podendo sacar diariamente sem limite de horário, a soma de bênçãos que necessitarem.
Favor confirmar suas Presenças através de oração e da imitação dos meus gestos.
Agradeço todo o esforço que vocês farão na preparação espiritual de minha Festa.

Abraço e Bênção De Jesus De Nazaré

A energia de Jesus, vai com certeza, recarregar as suas, com Saúde, Paz e Felicidade.Feliz Natal e um Novo Ano Iluminado

12.12.10

POEMA: SÓ A BRINCAR


SÓ A BRINCAR

Quando me virem a montar blocos
A construir casas, prédios, cidades
Não digam que estou só a brincar
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender sobre o equilíbrio e as formas
Um dia, posso vir a ser engenheiro ou arquiteto.
    

Quando me virem a fantasiar
A fazer comidinha, a cuidar das bonecas
Não pensem que estou só a brincar
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender a cuidar de mim e dos outros
Um dia, posso vir a ser mãe ou pai. 
        
Quando me virem coberto de tinta
Ou a pintar, ou a esculpir e a moldar barro
Não digam que estou só a brincar
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender a expressar-me e a criar
Um dia, posso vir a ser artista ou inventor.


    
Quando me virem sentado
A ler para uma plateia imaginária
Não riam e achem que estou só a brincar
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender a comunicar e a interpretar
Um dia, posso vir a ser professor ou ator. 
  

Quando me virem à procura de insetos no mato
Ou a encher os meus bolsos com bugigangas
Não achem que estou só a brincar
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender a prestar atenção e a explorar
Um dia, posso vir a ser cientista.

Quando me virem mergulhado num puzzle
Ou nalgum jogo da escola
Não pensem que perco tempo a brincar
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender a resolver problemas e a concentrar-me
Um dia posso vir a ser empresário.



 
Quando me virem a cozinhar e a provar comida
Não achem, porque estou a gostar, que estou só a brincar
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender a seguir as instruções e a descobrir
as diferenças
Um dia, posso vir a ser Chefe.
  
Quando me virem a pular, a saltar a correr e a movimentar-me
Não digam que estou só a brincar
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender como funciona o meu corpo
Um dia posso vir a ser médico, enfermeiro ou atleta.

Quando me perguntarem o que fiz hoje na escola
E eu disser que brinquei
Não me entendam mal
Porque a brincar, estou a aprender
A aprender a trabalhar com prazer e eficiência
Estou a preparar-me para o futuro.
Hoje, sou criança e o meu trabalho é brincar.
(Poema de origem desconhecida)

JOÃOZINHO NO NATAL


Joãozinho resolveu escrever uma carta ao Pai Noel para  pedir uma bicicleta: 
"Papai Noel, fui um ótimo menino este ano. Ajudei o meu pai, a minha mãe e até o meu irmãozinho. Quero uma bicicleta!".

O Joãozinho parou e pensou: "ele não vai acreditar, vou refazer a carta". 
"Papai Noel, sei que não fui muito bom este ano, mas acho que ainda mereço uma bicicleta..." 
Não satisfeito, ele joga a carta fora, vai até o presépio, pega na imagem de Maria, coloca dentro do sapatinho e escreve a seguinte carta: "Jesus, estou com a tua mãe. Se quiseres vê-la inteira de novo, manda o Papai Noel dar-me uma bicicleta". 

ORGANIZE-SE

Organize-se!!
Você abriu, feche.
Acendeu, apague.
Ligou, desligue.
Desarrumou, arrume.
Sujou, limpe.
Está usando algo, trate-o com carinho.
Quebrou, conserte.
Não sabe consertar, chame quem o faça.
Para usar o que não é seu, peça licença.
Pediu emprestado, devolva.
Não sabe como funciona, não mexa.
É de graça, não desperdice.
Não lhe diz respeito, não se intrometa.
Não sabe fazer melhor, não critique.
Não veio ajudar, não atrapalhe.
Prometeu, cumpra.
Ofendeu, desculpe-se.
Não lhe perguntei, não dê palpite.
Falou, assuma.
Seguindo estes preceitos, viverá melhor!

11.12.10

PAPAI NOEL IRADO -PARA RIR UM POUCO

Quirido Papai Noel:
Eu qeuria ganhá um joguinho espasiau de prezente de natau.
Tenho cido um boum minino neste ano. Ti adoru, MARCO. 

Querido Marco:
Sua ortografia é excelente!!!! Parece um índio escrevendo.
Definitivamente você terá uma brilhante carreira na vida como auxiliar de pedreiro!!!!
Tem certeza que você não prefere um livro de Português?
Quanto ao joguinho espacial, darei ao seu irmão, pelo menos ele sabe escrever!!!!
Um abraço,
PAPAI NOEL.
  
Querido Papai Noel:
Não sei se você pode, mas gostaria de ver meus pais juntos outra vez este ano.
Com amor, JULIA. 
Querida Julia.
Você quer que eu arruine a relação do seu pai com a secretária???
Deixe ele se divertir com uns seios de verdade!!!
A sua mãe tem bafo e hemorróidas. Melhor te dar uma Barbie...
PAPAI NOEL.
  
Querido Papai Noel:
Tenho sido uma boa menina este ano.
A única coisa que peço é paz e amor para o mundo.... Com amor, SARA. 
Querida Sara:
Vá te f...! Nem os teus tataravós viram paz na Terra quando eram crianças. Nem os dinossauros tiveram paz. Se liga!!! Você é loira???
PAPAI NOEL.

Querido Papai Noel:
Poxa, fazem 3 anos que venho pedindo um caminhãozinho de bombeiros e nada...
Por favor vê se desta vez você me traz um!!! Obrigado, LUIZ. 
Querido Luiz:
Seus pedidos já me encheram o saco!!!
Outra coisa... Não é “fazem 3 anos”... Cacete, não aprendeu ainda? Use sempre “faz 1 ano”, “faz 3 anos”, “faz 2.000 anos”. O verbo fazer no sentido de tempo não tem plural... Ah, deixa prá lá...
Mas, enfim, quando você estiver dormindo, incendiarei a sua casa. Assim terá todos os caminhões de bombeiros que sempre desejou!!!
PAPAI NOEL.

Querido Papai Noel:
Quero uma bike, um playstation 2, um computador, uma caixa de lego, um cachorrinho, um ponei e uma guitarra. Com carinho, TIBÚRCIO. 
Tibúrcio??? Tibúrcio???
Você quer mais alguma coisa, seu infeliz???
Quem foi que te deu esse nome???
Huahuahuahua!!!
Na verdade você não quer p... nenhuma, não é mesmo???
Só quer atenção, né seu bosta???
Por que você não pede um nome novo???
PAPAI NOEL.

Querido Papai Noel:
Deixei embaixo da árvore de natal umas empanadas para você e cenouras para as renas.
Um beijinho,
SUZANE. 
Querida Suzane:
Empanadas me dão diarréia, e cenouras fazem as renas peidarem na minha cara...
Quer me agradar, sua puxa-saco???
Ao invés de porcarias, ponha uma garrafa de Chivas, uns Toblerones e convença a sua empregada  a usar aquela micro-saia.
Um beijão, PAPAI NOEL.

Querido Papai Noel:
Como diz aquela canção: “Venha velhinho, de noitinha, quando durmo meu soninho...”
Espero você Noelzinho!!! Te adoro, JÉSSICA. 

Querida Jéssica:
Como você é ingênua!!! Que idiota!!! Céus.
Isso é o máximo de inspiração que você consegue???
Retardada!!! PAPAI NOEL.

Querido Papai Noel:
Por favor!!! Por favor!!! Por favor!!!
Dá um cachorrinho pra mim!!!
Por favor!!! Por favor!!! Por favor!!!
Com imploração,JUNINHO. 

Querido Juninho!!!
Com este nome você deve ser viadinho, né?
Esse tipo de imploração funciona melhor com os seus pais, já que você é adotado (ops... Falei!!!... Ah... Foda-se!!!... Agora já era)...
Já comigo não funciona... Comigo o buraco é mais embaixo...
Pare de ser mala!!! Vou te dar mais um pijama!!!

FELIZ NATAL

Eu sou Lúcia Martinelli

Minha foto

Eu sou Lúcia Martinelli, nasci em 28.06. Sou filha de Cândido Martinelli e Maria Grando, estudei em Passo Fundo RS, nas escolas Alfredo Pujol, Notre Dame, Joaquim Fagundes dos Reis e Cursei o 2º grau no Colégio Bom Conselho e o ensino superior na Universidade de Passo Fundo e fiz Pós –Graduação em Alfabetização Construtivista na UPF com o GEEMPA e conclui 1989. Hoje moro em Balneário Camboriú e estou fazendo todas as leituras que gostaria de ter feito e não tinha tempo para faze-las. Estou amando!

 

Trabalhei na Faculdade de Odontologia da UPF e fui secretária e auxiliar odontológico.

Exerci a função do magistério na rede particular de ensino, no Colégio Notre Dame por onde me aposentei e na rede municipal nas escolas Vidal Colussi, Fundação Educacional do Menor, UPF em Assessoramento Construtivista, Notre Dame Municipal e Antonino Xavier, onde me aposentei. Aleluia!!!

Trabalhei em turmas pela ordem dos acontecimentos: multiseriada (de pré a 4ª série) todos na mesma sala, Jardim, Pré, 1ª série, 2ª série, 2º ano, 3ª série, 4ª série, 5ª série e 1º ano do 2º grau.

Sou professora por opção porque adoro o ato de ensinar e aprender, o convivio com as crianças sentir a mundança e o crescimento acontecendo no dia a dia, ser o elo mediador entre aluno e conhecimento desafiando e apoiando para que o processo de aprendizagem aconteça o mais rápido possível. A experiência da alfabetização é algo indiscritível, só experimentando para saber a delicia da magia que é “o ver acontecer”.

 

A educação é um processo contínuo que toma o homem sobre sua responsabilidade desde a infância até a morte.

PROFESSORA LUCIA MARTINELLI

PROFESSORA LUCIA MARTINELLI
ATIVIDADES E PROJETOS